16 maio 2008

Natureza: O Poder


A realidade é um tanto cruel, mas óbvia ao mesmo tempo... O verdadeiro e único poder que existe no mundo é o da natureza. Sendo o homem um ser que quer subjugá-la, conseguirá nada mais que sua própria extinção. A natureza é tão verdadeiramente poderosa que tem até uma lei que tem o nome dela: Lei da Natureza. Para a humanidade, isso quer dizer que só os mais fortes sobrevivem. Na verdade é que os mais aptos tem mais chances de sobreviver. Estar mais apto não quer dizer nem de longe que é ser mais forte. Estar mais apto é estar mais integrado, mais centrado, mais objetivo. Os animais que se integram na natureza ela deixa e gosta que vivam nela, porém aqueles que a desequilibram são sumariamente extintos. Digam os Dinossauros. Eles existiram aqui. Neste mesmo planeta que habitamos. (aliás, muitos deles caíram em poços de piche e juntamente com o piche e vegetação formaram as tão famigeradas, não renováveis e cada vez mais escassas reservas de petróleo!)

Podem até dizer que foi um meteoro ou sei lá o quê que matou os gigantescos répteis, mas o fato é que ninguém que pudesse ver o que acontecia no planeta naquela época poderia acreditar que criaturas gigantescas, com dentes enormes e cobertos de uma carapaça de couro poderiam ser extintos. Foram bichos apavorantemente bem criados. Monstruosos, violentos e resistentes. E se foram... hoje fica a lembrança, os fósseis e o petróleo...

Pra humanidade não vai ser muito diferente... O planeta está puto da vida com a gente! E tem razão! Eu não sou muito fã de palavrões mas às vezes são as palavras mais precisas para uma situação, que é o caso: PUTA QUE PARIU! O QUE ESTAMOS FAZENDO COM O PLANETA?

Bom, vamos por partes: Fato número:

1) EU EXISTO! (acredite: se eu escrevo isso é porque eu existo mesmo!)
2) VC EXISTE! (pois bem, se você lê isso é porque você existe também!)

Se nós existimos, é porque tudo isso é real. Quão real ou quanto disso é percepção não vem ao caso hoje, mas sim que existimos. Estando aqui, vivos, podemos então fazer!! Que beleza! Nada como matemática na vida!

Podemos fazer nossa vida valer à pena. Podemos fazer com que a natureza seja mais feliz de nos ter em seu leito. Aliás, aí entra um outro cara, Jesus Cristo. Ele também falava da natureza, mas especialmente de um fractal de natureza dentro de natureza, que é a natureza humana que reside em sua parte material dentro da natureza planetária e em sua parte espiritual sei lá onde que reside.

Essa natureza humana de que nos falou o grande cara acima, Jesus Cristo, é na verdade uma grande sacada revolucionária para a humanidade. É uma maneira simples de garantir que o planeta, as pessoas e os animais que habitam aqui possam todos viverem por longas e longas gerações sem maiores transtornos ou problemas, com desafios sempre maiores porém controlados, como é a tecnologia hoje. A tecnologia é uma prova do poder de criação da humanidade, poder esse que pode ser facilmente convertido em criação de objetos de destruição, alterando imediatamente o nome de poder de criação para poder de destruição.

Simples né? Poder de criação usado pra criar = criação = evolução = novo = soma = possibilidades. Se não for utilizado pra criar então poder de criação vira poder de destruição = estagnação ou regresso = velho = divide = beco sem saída ou disco riscado.

Mas Ele foi mais além. Ele via o coração, a mente e a alma das pessoas. Ele sabia exatamente fome do quê tinham alguns. Era fome da verdade. A verdade que existimos e estamos vivos, em meio a naturezas dentro de naturezas. O simples fato de existirmos é um milagre. EU EXISTO! Caramba, que beleza! E quando não existir mais (se é que isso acontece, o que eu não creio) também que beleza! Possibilidades!

E o que nós somos, com o quê podemos então ocupar as nossas vidas se não for com consumo, televisão, drogas? Simples: com nós mesmos! Você sabe cantar? Sabe dançar? Toca algum instrumento musical? Faz algum tipo de arte marcial? Sabe pintar? Desenhar? Fazer algum tipo de arte? Lê coisas interessantes? Pensa demais e depois des-pensa tudo? (olha que trocadalho do carilho! despensa é justamente o lugar da casa que guardamos as coisas que no momento dispensamos)

Eis a solução do enigma. Ainda tem outras coisas interessantes pra fazer, claro! Mas comer, ir no banheiro e transar todo mundo sabe (ou pelo menos deveria saber pois é o básico pra se estar vivo). Mas quem se satisfará com isso?

Ai ai, nem sei aonde quero chegar! Acho que chegou a hora de eu deixar os pensamentos irem embora, junto com os dinossauros, pra darem lugar ao meu amanhã. Afinal, o destino e a ocasião são frequentemente confundidos e muitas vezes subutilizados. Destino é o que não se pode mudar, e sinceramente, são muito poucas as coisas que não podemos mudar. No fundo no fundo escrevo tudo isso porquê só tenho a agradecer. Agradecer tanta gente boa a minha volta. Agradecer por ter um teto todos os dias da minha vida, por ter comido todos os dias da minha vida. Agradecer pela minha saúde, saúde essa que só percebi que existia quando fui parar no hospital com um furo no pulmão. Agradecer pelas possibilidades que aparecem na minha vida, pela minha cama quentinha (ai minha cama!), pelas pessoas que lêem isso aqui e que me mostram que não estou sozinho e que, com certeza, me dão muito mais motivação pra continuar acreditando. O que mais pode querer um humano do que estar vivo com aqueles que ama(m)?

5 comentários:

Positividade disse...

Muitoooo linda a foto...
Nem tenho muito o que dizer, você disse tudo...
Em geral, penso que a humanidade está passando por uma época estranha, não acontece nada de novo, não existe nenhum iluminado mandando o recado... veja, não existe hoje nenhum Bob Marley, nenhum Renato Russo, nenhum Jesus Cristo, nenhum Platão... pô... não sei se estamos em uma época ruim ou se as nossas chances de aprender com os iluminados que existiram já se foram...

Gostei do termo que usou, o "despensa" eu tbem falo isso... vc ja conseguiu bloquear seu pensamento? "Despensar" mesmo? hehehe provavelmente sim, pra vc chegar a este termo...

E......... nossa cara, os nossos amigos, nossa familia são tudo mesmo em nossa vida... é com eles que renovamos nossas energias, são eles que nos apoiam, e estejamos onde quer que seja, a hora que a gnt precisar eles estarão lá! vms nessa amigo, não estamos sozinhos mesmo, existe um monte de gente que está se ligando nas reais da vida....

Parabéns pra vc!

gazstao disse...

Acho que estamos numa época ruim mesmo. Parece que os iluminados são crianças ainda! Vai que vem alguém...

O despensa estou aprendendo! Tentando ainda, mas é algo meio novo pra mim! hahaha... legal essas coisas, pequenos grandes poderes da mente! :)

e valeu pelos parabéns! pena vc não estar aqui pra comer um bolinho e conhecer umas pessoas que, com certeza, tem muuuitas afinidades! Tutti Genti Buonna! (meu italiano é tão bom quanto meu japonês!)

hahaha! bjs e bom final de semana!

bamban disse...

Eu fui lá lá lá lá lá
....

O problema que as vezes a despensa enche....

gazstao disse...

O problema mesmo é quando a despensa está vazia...

bamban disse...

Eu ia postar isso:
http://www.50waystohelp.com/

mas acho mais indicado aqui no Nave

Abraços eterno amigo.