12 maio 2006

A vida é bela (ou o mundo é cão mas a vida é bela)


Apesar dos meios de comunicação mostrarem tudo que há de mais podre no mundo, apesar da humanidade atual estar mais parecida com corvos procurando desgraças, apesar de tudo isso parece que quando fazemos as coisas pelo tesão, pela vontade, pelo objetivo e olhamos em frente, tudo começa a dar certo.

Quando olhamos pra frente, e quando o objetivo é mais importante, o caminho se torna um prazer, um desafio, uma bênção por assim dizer. De nada adianta vivermos de má vontade. E quanto mais sabemos da nossa impotência diante da vida e tentamos fazer nossas pequenas coisas com gosto e bem feitas, tudo parece se acertar. Ou nós que temos mais sorte que juízo.

Não adianta querermos culpar os outros, nem pelos fracassos, nem pelos sucessos. Mas é melhor culparmos os outros pelo sucesso que pelo fracasso. Assim nos tornamos mais fortes. Assim nos tornamos mais dignos. Assim filtramos o que é essencial do que não é. Quanto tempo dura? Não sei... pode ser um mês, pode ser um ano, pode ser uma vida. Isso não nos pertence. O domínio do tempo e do carma não nos pertence. Nem o de nada. Somos usuários de coisas em um mundo aonde nada é nosso. Mas a humanidade ainda não percebeu isso. Bom, hoje escrevo aqui para agradecer ao Universo, a Deus, a Alah, à força criadora una indivisível inconfundível onipresente onisciente onipotente, pelo que me deixa usar do mundo, pelo que me dá de comida que nunca me faltou e pelos amigos. Pela vida, pela saúde, por tudo que tenho e que não tem preço. O resto se eu falar hoje vai parecer hipocrisia. O resto hoje é continuar lutando e não me esquecer jamais que estou aqui é para servir. Estou aqui pra lutar. Não pra ficar enchendo o saco dos outros, o bucho de comida e o c* de dinheiro.

Lutar sempre. Amar sempre. Pelo menos tentar. E obrigado pela oportunidade de ver.
Isso é o mais maravilhoso de tudo. Com certeza (tá escrito em algum lugar lá embaixo) existem milhões de coisas a mais entre o céu e a terra do que sequer podemos imaginar. Existem mais coisas somente na terra do que podemos imaginar.

O céu é o limite, mas a Terra é nosso campo. Lets rock.

Um comentário:

Hel disse...

Que bonito isso. Parece uma prece.
Saudade de você.