14 maio 2006

Me engana que eu gosto...

Pois é, a coisa a se comentar do dia é a belíssima imagem que os cartões de crédito, com seus atores felizes, as casas de empréstimos, verdadeiros agiotas com seus balões coloridos e música ambiente com palhaços, e empresas de exploração nos usam. Querem passar uma imagem de felicidade e alegria, felicidade e alegrias essas conquistadas com nosso desapego e amor. Não com dinheiro.

Não sei quanto tempo faz, não sei quanto tempo dura, mas tem coisas tão maravilhosas que nos acontecem debaixo dos olhos e não nos custam nada. Ou melhor, nada de dinheiro. Gentilezas, coisas bonitas, pessoas boas, pessoas que lutam e que não sabem fazer diferente. Só precisam de uma orientação, um exemplo. Só precisam de nós. Só precisam de nós como somos. Não de um "nós" que a sociedade quer.

Somos pessoas, muitos roncamos à noite, nos irritamos com besteiras, estamos atrasados no trânsito, precisamos trabalhar mais do que queremos, mas e daí? O que o mundo tem a haver com isso? Nada. Isso são criações nossas. Para cada um poder ter seu veículo automotor movido a combustível fóssil ou etanol (era energia pra gente)... São os tais valores sociais. Espero que morram logo. Valores estúpidos!! Querem que todos desejem ficar ricos, criando assim disparidades e desvantagens que mal sabem eles volta a eles mesmos. O feitiço volta sim sempre contra o feiticeiro. Não se sabe quando, como nem onde, mas se sabe que as coisas circulam, e que nos sintonizamos com o que acreditamos.

Criar riquezas demais é criar pobreza de muitos.
Criar desejos demais é criar necessidades inúteis.
Viver não é ter.
Viver é ser.
Viver é viver.
Ser feliz não é ser rico. Não ter dinheiro faz mais difícil ser feliz.
Somos tantos, e nos respeitamos tão pouco...

That is it... a alegria que passam nas propagandas são a alegria de um mundo sem marketing exagerado, sem marketing manipulativo, sem imprensa manipulativa, sem as massas... massa agora só nhoque... sem carne, por favor...

3 comentários:

Hel disse...

SP está um caos, menino!
Ônibus queimados no meu caminho de casa, agência de bando bombardeada perto de casa.
Tem uma vaga pra mim ai em Curitiba?
;-)

gazstao disse...

Claro que tem! Aliás, já estamos esperando vc aqui faz tempo hein!! Beijão e sabe que tem lugar pra vc aqui sim!

Hel disse...

Oi, doce pássaro do céu mais lindo!
Espero que esteja bem. E que logo possa dar notícias.
Não conheço SC. Deve ser bacana! Mas aposto que Curitiba é bem melhor. ;)
Esses dias andam sendo cruéis, mas sei lá, eu acredito que seja mais uma "prova" do que uma "urucubaca". Qualquer hora te conto com mais detalhes tudo o que há por aqui. Mas a cada "coisa estranha" vencida, sinto uma alma um cadinho mais forte.
Mas que esses tempos andam estranhos... aahh... andam.
Muitas saudades das nossas conversas. Coisas boas nos trazem saudades, como pássaros lindos que entendem nosso silêncio.
Amo você. Beijocas.